terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Moderação de comentários e a liberdade de expressão

Deixei o blog por umas semanas... queria ter a percepção correta de como se comporta  ser humano sem que seja monitarado... e constatei que estamos na pré-história da liberdade de expressão!

Nunca em todos esses anos, os comentaristas ou um só comentarista conseguiu emporcalhar tanto meu blog como aconteceu esses dias.


Diante disso, coloquei moderação, mesmo sendo contra peneirar a opinião das pessoas. Minha atitude só se justifica, diante da falta de civilidade que li por aqui. Um blog de opinião, passar a ser usado para resolver problemas pessoais que não interessam a ninguém que só foi usado para diminuir o conteúdo do que postamos e para lamber as feridas que os relacionamentos pessoais causam em seus protagonistas.


Espero poder tirar a moderação em breve e voltar logo ao tema principal de nossa página que é o "relacionamento coletivo" com sues gestores e os serviços prestados a população. Quem quiser falar de sua vida pessoal, que o faça em seu próprio blog ou crie um para isso!


"Porquinhos" não são bem aceitos por aqui!

sábado, 10 de janeiro de 2015

Verão - Mangaratiba / anos cinzentos.


Meus amigos oposicionistas, não irão gostar muito da postagem de hoje, mas não consigo ficar "silenciosa" quando penso que estamos sendo injustos somente por sermos oposição e por erros de avaliação.

Esta postagem nem será longa e espero que tenham bom senso na contra argumentação. 
Bom, tenho visto uma ataque direto ao que chamam de ineficiência da Secretaria de Turismo e não concordo com as argumentações sobre o Secretário. 

Não tivemos festas, não temos eventos de qualquer natureza, não tivemos "virada de ano", não tivemos decoração de Natal,  não sei a quantas andam o "carnaval" no município. Acredito mesmo que não terá grande coisa. Mas, e aí? Eu costumo pesar na mão quando se trata de verão em nosso município. Não suporto esta invasão desordenada com eventos de péssima qualidade ou que foram jogados de qualquer maneira sem que se prepare o município para tudo isso. Agora, a falta disso... procuro tentar entender... Vejam, qual seria o Secretário de Turismo que não gostaria de fazer eventos? Qual seria o Secretário de Turismo que não tentaria reinventar as atividades por aqui ou em outro lugar qualquer?

Eu não posso cobrar do Turismo, festas se não se sabe nem a quantas andam as verbas do município que encontra-se em estado de penúria e os motivos, podemos "imaginar". Que incoerência seria, se com todo esse avilte que os funcionários estão passando, esses escândalos de licitações fraudulentas, saísse mega eventos superfaturados jogados na cara da população! Eu não posso cobrar do Turismo, algo que compete a outras secretarias... como trânsito, segurança, ordem pública, meio ambiente, saúde e limpeza urbana. E convenhamos... buscar parceiros? Qual seria a empresa que gostaria de ver seu nome ou produto, atrelado a Prefeitura de Mangaratiba com todo estes escândalos? Os parceiros que aportam por aqui, sabemos quais são... 

As secretarias deveriam estar a serviço do turismo nesta época do ano, com tudo planejado durante a baixa temporada, mas.... fazer isso requer mais que o carisma do Secretário de Turismo ou de sua capacidade na pasta... requer que os demais estejam falando a mesma linguagem e estejam dispostos a trabalhar para que tudo dê certo. Ano passado o choque de ordem não foi bem, mas já foi melhor que as outras tentativas dos anos anteriores... e este ano, caiu em desuso e tem sido a treva que acompanhará todo este período.

Amigos, não se faz nada sem que se tenha verbas para isso!!! Volto a escrever...ele é o homem certo, no governo errado!

Agora, falar que ele sorri, falar que ele vai a balada.... PQP, isso é bobagem demais! As pessoas tem vida particular e se ele faz tudo isso as suas próprias custas...

A única coisa que me dá uma certa aflição, é ver que ele continua nesse governo que poderá acabar queimando a imagem de homem capaz e profissional preparado para ocupar este cargo.

Sei que neste governo, qualquer pessoa que dê o grito de independência, sofrerá represálias e passará a ser encarado como inimigo, mas, tudo tem um preço e coragem para enfrentar estes e outros dissabores é fundamental!

O caos já está implantado no município, resta a todos tentarmos ir apagando os incêndios, com a consciência de que só estaremos diminuindo o horror que se avizinha.
Tivemos os verões da fartura... com muitos gastos, mas com o mesmo terror para os munícipes... blocos financiados, desordem geral, sujeira, mau cheiro, atendimento médicos meia boca, insegurança e abandono de gestores que se mandavam para outras paisagens e até desfilavam no Rio....

Tivemos os verões com tendências pseudo religiosa (em outros governos) ... mas, com todo abandono deste governo, mortes, acidentes com crianças eletrocutadas em postes sem manutenção....

Teremos o verão da penúria com o agravante do MAIOR ABANDONO da história de Mangaratiba!

Minha alternativa particular será: Abastecer a casa, trancar portas, encher os galões de água, comprar protetor auricular, rezar para pedir aos céus que distribua uns pequenos milagres por Mangaratiba... jogando umas chuvas, desanimando os que estão dispostos a promover a desordem geral...trazendo diarreia para que se mandem e procurem atendimento fora do município, já que por aqui.... não irão encontrar atendimento decente!


domingo, 4 de janeiro de 2015

Ano Novo, Reveillon... virada de 2015 /Mangaratiba

Passado o furdunço...que alguns chamam de Ano Novo, outros de nariz em pé chamam de Reveillon...

Mais uma virada de ano que passo aqui na terrinha... e a cada ano fico mais tensa nesta época... claro que a idade já requer mais tranquilidade, mais paz. Porém, o que se passa aqui em Mangaratiba é surreal!

A cada ano piora e os problemas se avolumam e não adianta apelidar os visitantes de "duristas", como se aqui em Mangaratiba só tivesse crème de la crème da sociedade carioca. Se assim o fosse, estaríamos a milênios de desenvolvimento social e cultural e não viveríamos esta miséria governamental que temos por aqui. E convenhamos, hoje, se fizermos um censo para saber a origem dos moradores, teremos a constatação que a maioria é oriunda da baixada, da zona Oeste ou de bairros do subúrbio carioca.

O grande x da questão é a nossa atitude diante disso tudo!!!! 

Os governos são assim, por permitirmos que eles ajam assim. Eles são o que permitimos que eles sejam e como pequenos subalternos, vamos reclamando e acusando quem aqui chega! Eles só fazem daqui o quintal de suas casas, por não termos organização, planejamento por parte dos governos e engajamento da população nas questões que são de nosso interesse.

Vejam, o governo é morto, displicente e incapaz e isso ninguém pode negar...é fato! Mas, e a sociedade?
Onde andam as associações de moradores? Onde anda a cobrança efetiva durante o ano todo, ou melhor, neste intervalo entre as temporadas? Quem já foi até a Câmara e pediu a um vereador que fosse até seu bairro e cobrasse dele a indicação para que fosse solucionado algum problema crônico? E se foram e nada aconteceu, quem voltou lá para pressionar? Quem aborda  um administrador de distrito e cobra dele o trabalho que deve ser feito? Quem aponta formalmente  os representantes do governo para que não burlem regras ou privilegiem alguém em detrimento de seus desafetos? 
 Quem já entrou com representação no MP para ação civil pública para que estes serviços básicos sejam realizados?

Bom, nesta passagem de ano, todos os transtornos já haviam sido anunciados durante o ano...
-A falta de água é crônica em muitos bairros de nosso município... e aí, vem o governo com aquela lenga lenga de contrato com a CEDAE e nada foi resolvido... vimos o circo da carreata cheia de manilhas aportar e continuar por lá... agora, contrato é de mão dupla e eles podem ser cobrados, não é assim? E nada foi feito ou planejado!

 -Os apagões da Ampla, nada foi cobrado ou negociado com esta concessionária, como ajuste de conduta na concessão do fornecimento de energia elétrica. Isso demonstra como são indolentes em suas funções!
- Será que pediram ao Batalhão da PM um efetivo maior durante esses dias? E se foi negado, não procuraram o governador tão decantado como "amigo" de Mangaratiba? Ofereceram ao menos infraestrutura para estes policiais?
- Como se organizaram para atendimentos na Saúde? Tínhamos nos postos medicamentos, médicos e enfermeiros em quantidade para atendimento?
- A guarda municipal não foi vista nem para segurar a onda na preservação do patrimônio... mas, pensando bem qual seria o patrimônio... está tudo caindo aos pedaços!
- Limpeza urbana... esta foi ridícula, mas convenhamos, com o caos no trânsito, com carros estacionados nos dois lados das vias públicas, nenhum caminhão iria passar ... e faltou tudo, lixeira para que não jogassem lixo nas ruas, faltou banheiro químico, faltou fiscalização de ambulantes, faltou proibição de carros com o som aberto que toca as maravilhas do funk...

Ah! Mas, não temos efetivo para isso tudo, dirão alguns, mas isto se estanca durante o ano, se educa durante o ano, se estabelece durante o ano todo e os hábitos vão se firmando.

Durante o ano a propaganda que atrai pessoas não agradáveis é a porteira aberta sem regras que acontece nos fins de semana fora da temporada.
 É o comerciante que invade nossa calçada e cujo comércio nem regularizado é.
São as calçadas tomadas de mesas e cadeiras nos "botecos amigos" que impedem a passagem das pessoas durante o ano todo!
São as línguas negras que desembocam nas praias o ano todo!
São as invasões desordenadas em área de risco que não tem  a atuação do serviço social e nem de secretaria de obras ou Meio Ambiente!
São as construções de puxadinhos sem fiscalização! São os bueiros entupidos e esgoto jorrando nas calçadas o ano todo!
 
É a ganância dos gestores que faz com que nenhum empresário decente faça parcerias com o poder público. Até a exploração do solo público para os bancos 24 hs foi cancelada...
Hoje, qualquer empresário que preze seu produto, não  será parceiro de Mangaratiba!

Sem contar que a o dinheiro que estava aqui.... o gato comeu!

Bem, entramos 2015 com a percepção de que o verão será cansativo, desesperador e o carnaval será pavoroso!

Continuo a dizer que quem permite tudo isso, somos nós mesmos, com nosso preconceito social, discriminando pessoas e nos comportando com hábitos de comunidade carente que não sabe que tem direitos a uma administração  sóbria, capaz e que promova o desenvolvimento econômico, social e cultural de sua gente! Só se reclama da bagunça dos outros em nossa casa, quando recebemos as pessoas com qualidade e com nossa casa limpa e arrumada...

Encerro com as imagens que mais exemplificam e resumem nosso abandono!
Conceição de Jacareí

Esta imagem foi feita em outros meses... nada mudou!

domingo, 28 de dezembro de 2014

Prêmio Peixe Podre com Banana - 2014


Este ano, não dá para escapar... e lá vamos nós premiar com o escudo de honra ao medíocre que entregamos no “Peixe Podre com Banana”,  desejando um Feliz Ano Novo a todos!




Categorias:
1)      Pior secretário – Nelson Bertino e Sidney Ferreira
Seria o quarto ano consecutivo do Sr. Sérgio Rabinovich... até pensei em colocá-lo como "Hors Concurs", pois não tem competidores a altura. Porém no final deste ano o mesmo foi substituído, deixando de participar. Pensei, consultei, reli comentários e a premiação foi para dois secretários: Nelson Bertino;
Pelo simples fato de ter permitido que houvesse este terror de funcionários exonerados, de funcionários fantasmas, de funcionários sem resíduos salariais, mesmo sendo o secretário que deveria zelar por todos estes itens que a boa administração requer. Tenha ele orientado ou não o prefeito, continua sendo de sua responsabilidade este jogo sujo da administração.Sem contar que os funcionários são tratados a ferro e fogo por este Secretário...
Sidney Ferreira;
Pela bagunça generalizada em todos os distritos e pela truculência em algumas situações que presenciei...sem esquecer da forma ostensiva com que a guarda se coloca quando é chamada para proteger os pobres vereadores dos cidadãos que estão exercendo o livre direito de manifestação na Câmara e quando se programa alguma manifestação nas ruas. Partindo do princípio que  é guarda patrimonial, esta forma de agir é no mínimo contraditória, pois esta justamente é a desculpa para a omissão quando o assunto é a nossa própria segurança.

2)      Distrito mais poluído – Itacuruçá
Ganhou de lavada os demais, com suas línguas negras jorrando na orla do distrito. Segundo ano de premiação. Muriqui vem se aproximando muito nesta concorrência. 
3)      Desadministração de distrito – Alexandre Ceia Tam
Vários são os motivos, mas o que me leva a premiá-lo foi o episódio da confraternização de fim de ano nas areais da praia de Conceição de Jacareí, com direito a churrasqueira na praia. Exemplo de que a mentalidade do ordenamento, de regras a serem cumpridas não são praticadas nem mesmo por representantes do governo. E o pior, até os céus enviaram raios de revolta.
4)      Posto de saúde mais deficiente - Itacuruçá
Escolhido novamente por usuários. E a infraestrutura do prédio que não suporta mais os remendos de reparos. 
5) Destaque em desqualificação -  empate técnico entre Sérgio Garrido, a gangue das louras da Educação, e as "chefes" dos CECAPS... sem nomes, sem identidades, somente um conjunto a serviço do nada.

6) Mico do Ano – Não poderia deixar de premiar as declarações oficiais da prefeitura em muitos momentos do ano.... a entrevista do prefeito, justificando a saída do Vice de suas atividades de coordenador da saúde e o rompimento com o governo.... pífia, medíocre e inconsistente. Os tolos bilhetes nos contracheques dos funcionários justificando o desfalque em seus salários, a declaração sobre a presença da PF e o MP na prefeitura, onde alegava que nada de "anormal" estaria acontecendo.
E mais uma vez, todos esses micos, levam a perda de limites governamentais... exonerações, vinganças, discursos ofensivos as pessoas em suas festinhas de confraternização...enfim, o próprio governo pode ser considerado o MICÃO do ano.
7) Pior vereador -  Ficou complicado! Tenho meus dois preferidos para esse prêmio...motivos diversos e por representarem a patifaria com cara de paisagem.
 Edu Jordão - por sua representação religiosa, deveria estar acima da hipocrisia e combater o bom combate. Jamais poderia esperar que um homem, pastor de "ovelhas", tivesse a desfaçatez de se colocar em defesa de um governo que não olha por seu povo. Seus projetos de lei sempre são voltados para a comunidade evangélica, esquecendo-se de sua representação para o povo e por interesses comuns a todos os munícipes. Isso é pior que a omissão...é cumplicidade total!
Rodrigo Bondim - Sempre agarrado ao prefeito. Quando conversamos nas ruas, escutamos as versões que ele dá aos fatos. Um certo ar  subserviente que denota toda sua maneira de encarar a representação popular. Fazendo uma retrospectiva de "fotos" e de publicações...encontraremos o mesmo sempre em defesa do indefensável ou propagando boas novas inexistentes.

8) Morreu e não percebeu:  Novamente  este prêmio vai para a natimorta secretária de Educação Meyre Gabino, que não percebeu ainda que é Secretária e não uma figura de decoração de conveniência se permitindo viver algo tão indigno para uma profissional de carreira de nosso município. Lamentável este exemplo para a categoria!
9) Fornecedor do anoCCL Jesus Tratores LTDA - ME, conseguiu mudar até mesmo a categoria da empresa, pois não deve mais ser microempresa... o faturamento anual para esta categoria é de R$ 360.000,00 e este ano, até Novembro,  faturou R$ 6.074.420,51.
Outras microempresas que faturaram acima de suas categorias:
CTH Construtora Ltda ME - R$ 2.558.244,00
E.JC Construções Ltda ME - R$ 3.541.792,34

E foi um ano cheio de decepções.... a Ação Social degradante, pequena e sem visão social... que até havia pensado fosse ser mais atuante.

O Turismo que infelizmente esbarrou na falta de autonomia, necessitando de verbas, pessoas e interação entre as demais secretarias para que o mínimo do mínimo acontecesse...podem até discordar, mas ainda penso que o Secretário é a pessoa certa no governo errado.

Confraternizações em sítios de fornecedores, advogados de empresa fornecedora sendo parentes dos governantes e funcionários do município, como é o caso da CCL jesus Tratores Ltda - ME, como podemos conferir na página do Diário Oficial do RJ:
 143. Agravo de instrumento - Civel 0043588-04.2013.8.19.000
Advogados: Jorge Luiz Bertino Algebaile e Felipe Martins Algebaile.

Enfim, o Prêmio deveria ser mais amplo e abranger quase todos... a começar pelo Prefeito!